Laudo da Pefoce aponta que policiais dispararam tiros que mataram seis reféns em Milagres e tentaram apagar vestígios da ação

14 de março de 2019 às 08:31

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) concluiu que, os tiros que mataram os reféns durante operação policial em uma tentativa de assalto a duas agências bancárias do município de Milagres partiram de fuzis. A informação é do Portal G1.

Conforme o laudo, os tiros que mataram 14 pessoas, incluindo seis reféns, foram disparados pelos policiais. Os agentes ainda tentaram apagar os vestígios da ação, como vídeos de câmeras de segurança no local. Ao todo, 12 policiais participaram da operação, incluindo dois atiradores de elite (snipers).

O levantamento realizado aponta que, os envolvidos no assalto não possuíam fuzis, mas outras armas de menor poder ofensivo.

No depoimento, os reféns sobreviventes do ocorrido ressaltaram que os tiros partiram dos policiais e que não houve tempo de reação por parte dos assaltantes.

Sobre o laudo, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) disse apenas que o caso é investigado pela Polícia Civil de Milagres: “Mais informações serão repassadas em momento oportuno para não comprometer o andamento dos trabalhos investigativos, que estão em fase de conclusão.”

O laudo ainda aponta que, após o tiroteio, os próprios policiais recolheram a munição disparada, além de tentar apagar imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos próximos ao local do ocorrido.

Dos 12 policiais afastados do cargo três dias após o crime, oito voltaram às suas atividades em janeiro deste ano.

Matérias relacionadas:
Quadrilha faz reféns, tenta assaltar agências bancárias em Milagres, troca tiros com a Polícia e pelo menos 12 pessoas morrem
Governo do Ceará afasta 12 policiais envolvidos em tiroteio que deixou 14 mortos em Milagres

Repórter Ceará

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Os comentários estão fechados
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Anúncio
Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo