1 Minuto com Sérgio Machado – 2020: O que já podemos prever?

8 de maio de 2019 às 18:53

Uma das questões que faz da política uma arte e não uma ciência é a dificuldade que se tem de antecipar eventos que dependem de uma decisão humana, que pode ser tomada ou não.

E um dos exemplos mais claros dessa dificuldade é o desafio de se prever as movimentações políticas que definirão o quadro final das eleições. Uma pessoa que diz que será candidato pode estar falando a verdade e levar sua candidatura até o final, ou então desistir durante o percurso; ou até mesmo pode estar mentindo como parte de uma estratégia política maior.

São várias as possibilidades que aumentam e muito as chances de as previsões estarem erradas, ou parcialmente certas. Mas apesar de toda essa dificuldade, ainda sim, é possível construir cenários realistas para o quadro eleitoral que se aproxima. Mas pra isso é preciso comparar a realidade de diferentes municípios, analisando os discursos dos políticos e avaliando o sentimento social.

E olhando para outras cidades dentro do nosso estado, temos uma situação que se repete: a maioria dos governos municipais não consegue nem oferecer os serviços mais básicos que são cobrados pela população local. Em muitos lugares, a fraqueza política e as dificuldades financeiras são tantas, que a prefeitura não consegue nem tapar os buracos das ruas, quem dirá fornecer saúde e educação.

E essa difícil situação gera dois desdobramentos: um social e outro político. O primeiro deles é um sentimento de abandono por parte da sociedade, que passa a demandar uma renovação política como meio para resolver seus problemas. E do outro lado da ponta, aparecem os políticos que exploram esse sentimento de abandono e se fortalecem com o discurso da renovação.

Por isso, tudo indica que em 2020, novos candidatos devem aparecer nas disputas pelo executivo e pelo legislativo municipal. E é certo dizer também que esses nomes se apoiarão no forte discurso da renovação, que varreu o país na última eleição. E essa pulverização pode ter vários efeitos, mas o principal deles é que, no fim das contas, ela acaba facilitando a reeleição de muitos prefeitos.

Repórter Ceará

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Os comentários estão fechados
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Anúncio
Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo