Prefeito interino de Beberibe é afastado por 90 dias

14 de maio de 2019 às 15:52
0

A Câmara Municipal de Beberibe, no litoral do Ceará, afastou nesta terça-feira, 14, o prefeito interino do município, Tharsio Facó (PPS). Ele é alvo de um processo de cassação após denúncia de infrações político-administrativas, entre elas o suposto não fornecimento de transporte e merenda escolar. O presidente da Câmara, Eduardo Lima, assume o cargo de prefeito.

O afastamento foi aprovado com 10 votos a favor e dois contrários e vale por 90 dias, enquanto as investigações do processo de cassação são concluídas.

O vice-prefeito de Beberibe, Tharsio Facó, assumiu o comando da Prefeitura em dezembro de 2018, quando o prefeito eleito em 2016, Padre Pedro da Cunha, foi afastado pela Justiça por crimes de improbidade administrativa.

Investigações do Ministério Público do Ceará (MPCE) apontaram, na época, a existência de supostas adulterações nas licitações e preços acima do normal para a compra de remédios e insumos para o hospital municipal da região, além de água mineral e prestação de serviços por uma produtora de eventos.

Desta vez, o prefeito interino de Beberibe, Tharsio Facó, também é alvo de um processo de cassação na Câmara. De acordo com a denúncia feita por uma moradora, o atual gestor deixou de fornecer transporte e merenda escolar na cidade, descumprindo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

Ainda de acordo com a denúncia, o prefeito contratou com dispensa de licitação uma empresa que estava impedida de realizar contratos com a gestão por cinco anos, depois de ela ter sido condenada pelo município de Fortaleza, pela não prestação de um serviço.

Repórter Ceará com informações do G1-CE

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Deixe uma Resposta

Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Anúncio
Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo