11 chefes do PCC são transferidos para presídio de segurança máxima

26 de maio de 2019 às 11:55

Na madrugada desse sábado, 25, chefes da facção criminosa Primeiro Comanda da Capital (PCC) foram transferidos para um presídio de segurança máxima. Ao todo, foram 11 presos. A Justiça Estadual havia decidido pela transferência na última quarta-feira, 22. A informação é do jornal O POVO.

De início a transferência seria realizada para a Penitenciária Federal em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Contudo, os presos foram enviados para a Penitenciária de Mossoró, no Rio Grande do Norte, de modo provisório, já que é esperada a “adoção de providências pelo Departamento Penitenciário Nacional”. A ida emergencial para a Penitenciária de Campo Grande deve ocorrer no prazo máximo de 60 dias.

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Ceará (MPCE) havia solicitado a transferência de 21 detentos, contudo, a Justiça concedeu somente 11.

Confira a lista de transferidos:
Erivando Paulino de Sousa
Francisco Arielson de Sousa
Francisco Eudes Martins da Costa
João Wanderson dos Santos Sousa
José Fabiano Nunes de Alencar
Leonardo Santos Bezerra
Leandro de Sousa Teixeira
Marcílio Alves Feitosa
Marco Aurélio Flávio
Manoel Giliarde da Silva
Paulo César da Costa Sousa

Repórter Ceará

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Os comentários estão fechados
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Anúncio
Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo