Mauro Naves deixa TV Globo após 31 anos

8 de julho de 2019 às 16:00

Mauro Naves não é mais funcionário da Globo. O repórter esportivo, que trabalhava na emissora havia 31 anos, estava suspenso desde 5 de junho, quando foi retirado da cobertura da Copa América em nota oficial lida no Jornal Nacional. A Globo informa que a rescisão de contrato foi amigável.

Naves foi punido porque teria atuado como intermediador de uma tentativa de acordo entre Neymar Jr. e o primeiro advogado de Najila Trindade, que acusa o jogador de estupro.

Em nota, a Globo informou que o contrato de Naves foi encerrado de forma amigável. “O Grupo Globo e o jornalista Mauro Naves decidiram encerrar consensualmente o contrato de prestação de serviços que mantinham. O Grupo Globo reconhece a imensa contribuição de Mauro Naves ao jornalismo esportivo e a ele agradece os 31 anos de dedicação e colaboração”, afirmou a Comunicação.

A reportagem apurou, porém, que o desligamento não foi consensual. Naves desabafou a amigos na última quinta, 04, que foi dispensado por causa de toda a confusão envolvendo Neymar. Ele vai receber todos os seus direitos trabalhistas, mas não está de saída por opção própria.

Segundo a nota divulgada ao vivo no Jornal Nacional, Naves foi afastado da cobertura porque forneceu o telefone de Neymar da Silva Santos, pai de Neymar, ao advogado José Edgard Bueno, em troca de uma posterior entrevista exclusiva. A Globo viu “evidências de que suas atitudes [as de Naves] neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas”.

O afastamento causou espanto e apreensão nos bastidores da Globo. Afinal, é comum jornalistas em busca de furos de reportagem trocarem informações, principalmente agenda, com suas fontes.

31 anos de Globo

Mauro Naves entrou na Globo em 1987 e, na emissora, se notabilizou pelo trabalho com esportes. Cobriu Fórmula 1, campeonatos nacionais de futebol e a Seleção Brasileira. Era, ao lado de Tino Marcos, o principal repórter esportivo do Grupo.

Chamado pelos colegas de “presidente”, Naves cobria a rotina dos times grandes da capital paulista, Corinthians, São Paulo e Palmeiras, e era escalado para as principais transmissões esportivas da Globo em São Paulo.

Sua primeira cobertura de um grande evento aconteceu nas Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996. Depois disso, trabalhou nos Mundiais da Alemanha (2006), da África do Sul (2010), do Brasil (2014) e da Rússia (2018), além dos Jogos Olímpicos de Pequim (2008) e do Rio (2016) e da Copa das Confederações no Brasil (2013).

Repórter Ceará

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Os comentários estão fechados
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Anúncio
Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo