Transmissões de futebol na TV insistem no mesmo modelo do passado

9 de julho de 2019 às 17:09
0

Há muito se reclama por mudanças e inovações nas transmissões do futebol, que em nada são diferentes das realizadas por Tupi e Record, ou mais antigas ainda quando Jorge Amaral deixava o seu cavalo amarrado num poste do Pacaembu enquanto ia narrar a partida. A evolução se deu apenas na parte tecnológica e o que se reivindica é uma cobertura mais completa, com atrativos capazes de atrair a atenção do telespectador, antes da bola rolar ou depois que parar.

Por mais absurdo que isso possa parecer, a única grande inovação ao que antes existia são imagens dos times chegando ao estádio, com os jogadores descendo apressadamente do ônibus em direção ao vestiário. O mais destacável está no desfile de fones de ouvidos que todos fazem questão de acrescentar aos seus nem discretos paramentos de sempre.

Por que não ampliar os trabalhos de reportagem? Ou não experimentar e ousar um pouco mais, acrescentando detalhes de produção que hoje são desprezados? Usar de maior criatividade.

A transmissão de futebol, além do jogo em si, poderia perfeitamente se transformar num trabalho jornalístico mais amplo, completo e atraente.

Repórter Ceará com Portal O Dia

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Deixe uma Resposta

Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Anúncio
Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo