Estagiária é presa suspeita de vazar informações sigilosas da Justiça para traficantes

19 de setembro de 2019 às 15:19

Uma estudante de direito, de 22 anos, é suspeita de repassar informações da polícia e da Justiça para uma quadrilha envolvida em crimes como tráfico de drogas, homicídios, porte e posse ilegal de arma de fogo e receptação. A estudante foi presa durante uma operação da Polícia Civil contra o crime organizado que cumpriu 27 mandados de prisão e de busca e apreensão em Sobral, no Norte do Ceará, na manhã desta quinta.

Segundo a polícia, a mulher estagiou, no início de 2019, no Fórum de Sobral e aproveitou-se do estágio para repassar informações sigilosas do Sistema de Segurança e do Poder Judiciário para criminosos.

De acordo com o delegado Ricardo Magalhães, do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) de Sobral, a acadêmica era investigada há cerca de cinco meses. O delegado explicou ainda que a mulher fotografava os policiais e enviava as fotos deles para o namorado, um traficante na região.

“A estudante se aproveitava do acesso que tinha aos procedimentos, devido à função que exercia como estagiária, e repassava informações aos criminosos”, revelou o delegado Magalhães.

Repórter Ceará com informações do G1-CE (Foto: Reprodução)

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Os comentários estão fechados
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Anúncio
Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo