Bolsa Família: 4,6 mil famílias vão ter que devolver benefício para Governo Federal

16 de outubro de 2019 às 09:53

Quase cinco mil famílias identificadas por uma auditoria da Controladoria Geral da União (CGU) terão que devolver dinheiro para o programa bolsa família.

De acordo com o Ministério da Cidadania, ao cruzar informações dos beneficiários foram identificados dados irregulares informados intencionalmente ao Cadastro Único para programas sociais. Outra situação que motivou a cobrança era de famílias com renda superior ao permitido para participar do programa.

O Ministério informou que já enviou as cobranças para as famílias identificadas por meio de carta, com o valor devido já em um boleto de pagamento.

Ao receber a guia de cobrança, o beneficiário tem 30 dias para apresentar uma defesa ao Ministério. Caso não seja apresentada uma defesa ou o pagamento do valor devido, o ex-beneficiário terá o nome incluído no cadastro informativo de créditos não quitados do setor público federal, o Cadin.

Os valores pagos indevidamente chegam a quase seis milhões de reais. De acordo com o Ministério da Cidadania, todas as orientações para recorrer da cobrança estão na carta enviada ao beneficiário.

Repórter Ceará

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Os comentários estão fechados
Anúncio
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo