Editorial: A primeira pesquisa eleitoral de Quixeramobim em 2020

19 de fevereiro de 2020 às 22:03 1

Em mais um ano de eleições, o município de Quixeramobim, no Sertão Central, se destaca por possuir inúmeros candidatos com o objetivo de alcançar o Paço Municipal e a imprevisibilidade de criação de um terceiro grupo político fora do atual eixo dos que estão no poder e da oposição. Diante disso, surgiu a primeira pesquisa eleitoral de 2020, tão ampla quanto o próprio significado da palavra.

O questionário que, se feito em uma velocidade razoável de fala, dura cerca de 10 minutos, continha nomes do município e dos cenários estadual nacional, além de questões para avaliar a gestão municipal, sob comando de Clébio Pavone, suas deficiências, acertos e uma classificação que varia de ‘Ruim’ a ‘Ótimo’.

Após avaliar os passos do Executivo Municipal desde 2017, entram as perguntas envolvendo os pré-candidatos, e é nesse momento que Cirilo Pimenta, Tarso Borges, Neto Nogueira, Pedro Coelho, José Maria Pimenta, Edmilson Júnior, Marcos Rogério, Célio Neto e Clébio aparecem divididos em vários cenários. No questionário foram abordados os apoios dos irmãos Ferreira Gomes, do presidente Jair Bolsonaro, do ex-presidente Lula, do governador Camilo Santana e do médico Rômulo Coelho. O ex-prefeito Edmilson também foi colocado na lista de apoios.

No meio da pesquisa, uma única pergunta foi direcionada para o Legislativo Municipal: “Em quem você votaria para o cargo de vereador?”. Considerando o regime político do Brasil, onde os parlamentares representam a sociedade e fazem o elo do povo com o Executivo, colocar somente uma questão tratando do assunto e, ainda mais, aleatória, sem citar os nomes tradicionais, como François Saldanha, Claudinha Borges, Cristina Pimenta e Everardo Júnior, é esquecer de valorizar a Câmara e o trabalho dos legisladores.

No entanto, apesar desse detalhe, a pesquisa se mostrou eficiente ao que se propôs, trazendo a maior variedade de nomes possíveis, quando nem os próprios quixeramobinenses têm ideia de quais serão os verdadeiros candidatos. A certeza, até o momento, é que Clébio tentará reeleição; O PDT quer o comando do Coração do Ceará; Rômulo não entrará no pleito como candidato, mas atuará nos bastidores, e os munícipes verão o primeiro embate dos irmãos Pimenta.

A pesquisa, quando divulgada, mostrará como o trabalho de quatro anos da Gestão Pavone interfere em sua porcentagem de reeleição, o quanto o cenário nacional alcança o município, como está a situação dos demais pré-candidatos, a influência do governador do Ceará em Quixeramobim e quais deverão ser os preferidos para a Câmara.

Até o momento, Quixeramobim vive uma incógnita. Mesmo com a pesquisa, as dúvidas ainda irão pairar. No final, tudo será acertado do dia para a noite. Onde? Os bastidores decidirão.

Editorial do Repórter Ceará

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
1 Comentário
  1. Eu e meio mundo de gente queremos que seja mostrada essa pesquisa,então se ñ é pra mostrar eu digo pq vcs fizeram hemmmmmm

Os comentários estão fechados
Enquete

Considerando o cenário de pandemia na sua cidade, você se sente seguro em sair para votar no dia 15 de novembro?

View Results

Loading ... Loading ...
Anúncio
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo