Ceará tem carnaval mais violento desde 2014

26 de fevereiro de 2020 às 11:36

O Ceará teve o seu carnaval mais violento desde 2014, conforme levantamento feito pelo Jornal O POVO a partir de dados da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Ao todo, entre o último sábado, 22, e a segunda-feira, 24, foram 82 assassinatos registrados no Estado. Para comparar: Em 2019, foram 33 homicídios.

O aumento ocorre no meio da paralisação de parte dos policiais militares, motim que é realizado desde o dia 18 deste mês.

Ricardo Moura, pesquisador do Laboratório de Estudos da Violência (LEV) da Universidade Federal do Ceará (UFC), analisou que a ausência de policiamento gera condições propícias para o aumento de crimes de pistolagem, vingança e acerto de contas. Além disso, ele lamentou o aumento, já que o Estado vinha registrando queda nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) e explicou que o reforço das tropas federais é pontual, mas não solucionará o problema.

“Nenhuma força federal tem o grau de conhecimento de território e das dinâmicas criminais que a polícia local tem. As tropas federais chegam mais como uma forma de passar sensação de segurança”, destacou Ricardo.

Repórter Ceará

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Os comentários estão fechados
Anúncio
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo