Camilo diz que saída de ministro durante pandemia ‘traz insegurança e preocupação’

15 de maio de 2020 às 16:14
0

O governador Camilo Santana (PT) afirmou por meio de uma rede social no início da tarde desta sexta-feira, 15, que a saída de Nelson Teich, do Ministério da Saúde gera insegurança e preocupação no país. A declaração ocorreu pouco tempo depois do anúncio do pedido de exoneração de Teich.

“A saída do segundo ministro da Saúde em menos de um mês traz enorme insegurança e preocupação. É inadmissível que, diante da gravíssima crise sanitária que vivemos, o foco do Governo Federal continue sendo em torno de discussões políticas e ideológicas. Isso é uma afronta ao país”, escreveu o governador em sua conta no Twitter.

Em entrevista à Globonews, na manhã de hoje, Camilo Santana fez críticas ao governo federal em relação à condução da crise gerada pelo novo coronavírus no Brasil. “Temos procurado conversar com o ministro, mas é preciso ações mais enérgicas na área da Saúde por parte da União”, disse.

Repórter Ceará com informações do G1-CE

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Deixe uma Resposta

Anúncio
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo