Cearense grávida com Covid-19 dá à luz bebê prematura e segura filha nos braços após 50 dias

11 de julho de 2020 às 11:54
0

A comerciante Maria Lurdiany Mendes, de 36 anos, grávida de 26 semanas, precisou passar por um parto de emergência no dia 21 de maio, quando deu à luz Diany Hadassa. Maria estava Covid-19 e precisou ser reanimada pelos profissionais do Hospital Regional Norte (HRN).

A gestação, conforme a médica obstetra Eveline Valeriano Moura Linhares, “é um fator de risco de complicação em caso de Covid-19, já que a mulher fica imunodeprimida”, dificultando a recuperação para o organismo.

Apesar da situação, após 26 dias internada, Lurdiany conheceu a filha através de videochamada. No entanto, foi apenas no dia 07 de julho que a mãe pôde segurar a filha nos braços. “Fiquei emocionada e chorei”, contou a comerciante.

Lurdiany recebeu alta do HRN e agora se recupera em casa, enquanto aguarda a recuperação da filha, que segue internada na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital.

Repórter Ceará (Foto: Divulgação/HRN)

Deixe uma Resposta

Anúncio
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo