Artesão e mestre da cultura Raimundo Aniceto morre vítima de Covid-19

16 de outubro de 2020 às 10:23 0

Aos 86 anos, o artesão e mestre da cultura Raimundo José da Silva, o Raimundo Aniceto, faleceu nessa quinta-feira, 15, no Hospital São Camilo, no Crato, na região do Cariri, vítima de Covid-19. Segundo informações divulgadas por familiares, ele estava internado desde o último sábado, 10, com problemas cardíacos.

Raimundo Aniceto, de acordo com a família, estava doente há 22 dias, por problemas no coração, mas foi somente no hospital que o quadro de Covid-19 foi descoberto. Antes de sua internação, ele realizou três exames e o diagnóstico para a doença deu negativo. Ele havia sofrido um Acidente Vascular Cerebral há quatro anos, que veio a prejudicar sua dicção. Na unidade de saúde, o artesão teve falência múltipla de órgãos.

Músico e brincante, Raimundo era o mais antigo dos integrantes vivos da tradicional Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto, que possui dois séculos de história. Ele é reconhecido como Mestre da Cultura pela Secretaria da Cultura do Ceará (Secult) desde 2004, sendo o último integrante vivo da geração dos Irmãos Aniceto, formada pelos filhos de José Lourenço da Silva e Maria da Conceição.

O enterro acontece neste momento, no Cemitério Nossa Senhora da Piedade, em Crato. Antes, em frente ao local do sepultamento, aconteceu um cortejo, comandado pelos remanescentes do grupo.

Repórter Ceará (Foto: Divulgação/Sesc)

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Deixe uma Resposta

Enquete

Considerando o cenário de pandemia na sua cidade, você se sente seguro em sair para votar no dia 15 de novembro?

View Results

Loading ... Loading ...
Anúncio
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo