O mundo está hoje realmente pior do que já foi um dia?

Maslowa Pinheiro Rodrigues • Colunista do Repórter Ceará
16 de dezembro de 2020 às 18:55 1

Não raras vezes, ouço ou leio lamentações sobre como o mundo está cada vez pior. Inclusive, vez ou outra, chego a repetir automaticamente frases do tipo. Mas será que está mesmo, ou concluímos isto com base em recortes de situações?

Se pensarmos, por exemplo, que até bem pouco tempo atrás os negros eram escravos, as mulheres não podiam votar e ocupar lugares importantes na sociedade, que não tínhamos tratamento adequado para determinadas doenças ou mesmo que era inimaginável duas pessoas, em locais diferentes, conversarem em tempo real por meio de um celular, é fácil notar que evoluímos muito e, consequentemente, a vida melhorou.

Obviamente, o progresso não significa a ausência de problemas. Problemas sempre existirão, assim como épocas mais difíceis que outras também – tomemos como exemplo este ano de 2020, no qual vivemos uma pandemia! -, todavia, isto significa que o mundo está acabando?

Por que é mais fácil pensar que tudo está pior, que as pessoas ruins são a maioria ou que nada mais vale a pena?
Para tentar responder, façamos o seguinte exercício: ao nosso redor, em nossa família, existem mais pessoas boas ou ruins?

Depois de refletir sobre isso, projetemos a nossa conclusão em um âmbito maior, por exemplo: se você acha que existem mais pessoas boas que ruins ao seu lado, por que pensar que seria diferente na sua cidade, no seu país ou no mundo?

Geralmente, tendemos a pensar que tudo vai de mal a pior por causa da enxurrada de notícias ruins que os meios de comunicação nos apresentam, afinal, é o que parece vender! Se fizermos um levantamento de quantas notícias boas e quantas notícias ruins são publicadas em um jornal, certamente ficaremos tristes.
Mas isso realmente significa que coisas ruins superam as boas? Ou as superam, na verdade, em relação a curiosidade e atenção das pessoas?

Antes que me rotulem como otimista ingênua incorrigível ou alheia às mazelas de nossa sociedade, pensem nestas linhas como um alerta para que possamos defender tudo o que vem impulsionando de forma positiva o nosso progresso, como a ciência e a razão, ou apenas como reflexão sempre que perceberem estar apenas repetindo o que todo mundo diz.

Foto: Divulgação/Veja

Para conferir mais artigos na coluna de Maslowa Pinheiro clique AQUI.

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
1 Comentário
  1. Claudianne Borges disse:

    👏👏👏👏👏👏

Os comentários estão fechados
Enquete

Você é a favor da prorrogação do auxílio emergencial até março de 2021?

View Results

Loading ... Loading ...
Anúncio
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo