Editorial: Das páginas policiais às de fofoca – A vacinação em Quixadá no Twitter

20 de janeiro de 2021 às 18:10 1

Atipicamente, o nome de Quixadá, uma das mais famosas e importantes cidades do Ceará, foi parar nas mais variadas páginas de fofoca do Brasil e, principalmente, no Twitter. Tudo isso causado por um vídeo do início da vacinação contra a Covid-19 no município. Na mídia, que circula desde o final da noite dessa terça-feira, 19, o prefeito Ricardo Silveira (PSD), que também é médico, insere a seringa no braço da secretária municipal de Saúde, Benedita Oliveira. As imagens causaram tamanho alvoroço por conta de uma pergunta: havia algum líquido na seringa? A indagação surgiu por conta do instrumento estar aparentemente vazio.

A Prefeitura de Quixadá viu a proporção que a situação foi tomando, pouco a pouco, até chegar ao reduto internacional do cancelamento: o Twitter. Até lá, sites de notícias estaduais e portais de fofoca já haviam repercutido o assunto e publicado a nota da administração municipal, que classificou a acusação de “falsa vacinação” como fake news, acionando, inclusive, a Polícia Civil e o Ministério Público Estadual.

Antes de ser eleito, Ricardo declarou que queria tirar o nome de Quixadá das páginas policiais, já que a cidade havia passado, recentemente, por operações do MPCE. No entanto, desta vez, o prefeito se vê no olho do furacão do que se pode considerar a primeira agitação de seu governo.

Ao assumir o papel de figura pública, é preciso estar preparado (a) para as mais variadas situações, desde fake news a ataques fundamentados em questões pessoais, principalmente em Quixadá,  já que a Terra dos Monólitos possui mais afinco por brigas e questões políticas que seu vizinho mais velho: Quixeramobim. Dito isto, porque não falar que a Prefeitura deveria ter se pronunciado primeiro, nas primeiras horas da manhã, ao invés de ter aguardado o período vespertino para divulgar uma nota?

Ricardo, até o momento, não se pronunciou sobre o assunto e deixou a situação para a nota da Prefeitura. Ele, como o médico responsável pelas primeiras aplicações da vacina em Quixadá, deveria ter mostrado sua liderança e se manifestado logo que o vídeo começou a circular, seja através de texto ou qualquer outro meio.

A Prefeitura de Quixadá deve se desprender das amarras familiares, romper as barreiras políticas e seguir em frente, rumo ao desenvolvimento, se afastando de assuntos ‘politiqueiros’ ao qual sua família e outro grupo político vêm se desgastando há anos. Dessa maneira, a cidade deve se tornar o progresso do Sertão Central, e Ricardo deve realizar seu sonho de ver a cidade longe das páginas policiais e, agora, do setor de fofocas.

Foto: Yan Freitas

Editorial do Repórter Ceará

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
1 Comentário
  1. Antônio disse:

    mem responde uma coisa . verdadeiramente há seringa estava vazia .por que o vídeo deichou bem claro Esso …a pergunta é qual a intenção e o porque de está vazia…

Os comentários estão fechados
Enquete

Você é a favor que o Governo do Estado decrete lockdown no Ceará?

View Results

Loading ... Loading ...
Anúncio
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Entendendo A Notícia
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo