Dr. Cabeto diz que Brasil deveria estar em lockdown há duas semanas

2 de março de 2021 às 11:03

O secretário de Saúde do Ceará, Dr. Cabeto, declarou que o Brasil deveria estar em lockdown há mais de duas semanas. Segundo ele, o governo federal deveria tomar uma posição mais clara. No entanto, o titular da Sesa frisa que as medidas menos rígidas tomadas até agora nos decretos do Estado ocorrem em razão do Governo levar em consideração as situações social e econômica.

“Quando você adota o isolamento rígido (lockdown), isso implica em uma série de fatores. Diminui a carga de atendimento de outras doenças nos hospitais, por exemplo. Tivemos aqui um bom resultado no ano passado com o lockdown. Mas agora, as condições são outras. Estamos adotando medidas tentando impactar menos a economia. Se você me pergunta se isso vai ser eficaz, eu digo que é cedo para dizer. Temos que aguardar”, destacou Cabeto em entrevista ao Inácio Aguiar, colunista do Diário do Nordeste.

Para Cabeto, para um lockdown neste momento, por parte da esfera federal, seria necessária uma convergência entre as autoridades nos diversos níveis no País. “O que estamos vendo é exatamente o contrário. Isso gera uma tensão social gigantesca”, critica em referência aos posicionamentos do presidente Jair Bolsonaro contrário às medidas de combate à Covid-19.

Repórter Ceará (Foto: Nívia Uchôa)

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Os comentários estão fechados
Anúncio
Entendendo A Notícia
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Enquete
Sorry, there are no polls available at the moment.
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo