Vacinação evita segunda onda de Covid-19 em profissionais de saúde no Ceará, aponta estudo

5 de abril de 2021 às 16:43 0

Levantamento realizado pela Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), vinculada à Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), aponta uma relação direta entre a vacinação e a diminuição do número de casos de Covid-19 entre profissionais de saúde cearenses. A leitura dos dados indica que a imunização seria um dos possíveis fatores responsáveis por evitar os efeitos de uma segunda onda da doença neste grupo.

A análise dos indicadores foi feita considerando as informações da plataforma IntegraSUS. A cientista de dados da ESP/CE, Camila Colares, ficou encarregada de gerar um gráfico baseado nos resultados percebidos no comparativo das curvas de contágio entre a população em geral e profissionais de saúde do Ceará. Ela explica que, no período referente à primeira onda da Covid-19 no Estado, principalmente entre abril e junho de 2020, houve aumento paralelo dos casos registrados em trabalhadores da saúde e de outros grupos da sociedade.

Entretanto, analisando os indicadores de janeiro a março de 2021, nota-se que as curvas dos dois grupos adotam comportamentos distintos. “Enquanto a curva da população geral indica a ocorrência da segunda onda de Covid-19, a dos profissionais de saúde permanece estável”, argumenta a cientista.

O cientista-chefe da Saúde do Ceará, José Xavier Neto, ressaltou a eficácia da vacinação como um possível resultado que impactou diretamente na imunização dos profissionais de saúde e na consequente diminuição dos números de trabalhadores infectados. “Isso significa que a vacina funciona e, quanto mais pessoas forem vacinadas, mais indivíduos protegidos teremos”.

O consultor em infectologia da ESP/CE, Keny Colares, associa a celeridade no processo de imunização desse grupo também aos planos de operacionalização da vacinação, tanto na escala municipal quanto na estadual. “O gráfico mostra uma mudança na curva bem interessante e é um dado ilustrativo dos primeiros benefícios da vacinação, já que essa população dos profissionais de saúde tem tido acesso à vacinação mais rapidamente”, afirma.

Indicadores

De acordo com o último relatório do Vacinômetro da Sesa, 494.268 doses já foram aplicadas em profissionais de saúde no Ceará. Do total, 237.654 já receberam duas doses da CoronaVac/Sinovac e 260, pelo menos a primeira dose do imunizante Oxford/AstraZeneca.

Em todo o território cearense, 1.101.913 doses de vacinas contra a Covid-19 foram aplicadas, segundo atualização mais recente da ferramenta.

Repórter Ceará 

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Deixe uma Resposta

Anúncio
Entendendo A Notícia
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Enquete
Sorry, there are no polls available at the moment.
Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo