1 Minuto com Sérgio Machado: A ignorância humana é gerada em excesso pela vaidade

Sérgio Machado • Colunista do Repórter Ceará
27 de fevereiro de 2022 às 13:07

A vaidade, em seu aspecto mais torpe, é um dos piores males da humanidade. Se configura como um campo ilusório, onde o homem exprime sua superficialidade e se entrega a atos totalmente equivocados, em busca de uma satisfação pessoal, caracterizado apenas pela aparência/sentimento momentânea, a fim de suprir o desejo do próprio ego.

O que quero dizer com isso? Os humanos se perdem de si mesmos, de sua essência, a partir do momento que se deixam banhar pelo mar da vaidade. Se debruçam sobre pensamentos e desejos que podem culminar em ações e chegar a ferir o próximo. É assim que surgem os conflitos, de discussões a guerras, onde, firmados em uma ideia mirabolantemente fora do padrão civilizatório, humanos se xingam, se agridem e, no mais extremo dos casos, sacrificam outros humanos em prol de um objetivo egoísta.

Infelizmente, os últimos tempos têm sido recheados dos atos citados. Assim, a única conclusão é que, desde a sua concepção, a vaidade é enganosa, levando à idolatria de algo sem valor e distorcido, sustentado pelo pilar do orgulho.

Que possamos pensar: tantos anos de história, tantos exemplos e tanto tempo para refletir nossas ações e o ser humano continua a mesma espécie egoísta e emocionada com seus pensamentos destrutivos, altamente impulsivo e ignorantes, onde o ‘ter’ suplanta qualquer ato de empatia e bondade, dando lugar somente ao caos social e a imersão enganosa de que concluir uma atitude pelo ego e vaidade não despertará ações piores no futuro.

Confira mais artigos na coluna de Sérgio Machado AQUI.

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Os comentários estão fechados
Anúncio
Entendendo A Notícia
Enquete
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo