Polícia Militar apreende mais de 6 milhões de cigarros contrabandeados em Itapipoca

11 de maio de 2022 às 17:48

Uma composição do Comando de Policiamento de Rondas Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) prendeu em flagrante quatro suspeitos e apreenderam mais de 6 milhões de cigarros, que estavam divididos em 601 caixas contendo maços de cigarros contrabandeados. A ação ocorreu em Itapipoca, e os suspeitos foram autuados pela Polícia Civil por contrabando. Uma arma de fogo e três veículos também foram apreendidos.

Os números de uma das maiores apreensões de cigarros contrabandeados da história do Estado impressionam. São 300.500 carteiras de cigarro contrabandeadas, que totalizam mais de 6 milhões de cigarros apreendidos na ação policial deflagrada na manhã desta quarta-feira, 11. A carga chegou à praia Barra das Moitas, na encosta de Amontada, numa embarcação e teria como destino Caucaia.

Durante patrulhamento, os policiais militares tomaram conhecimento sobre um transporte de cigarros contrabandeados em um caminhão-baú, escoltado por suspeitos armados em dois carros. A abordagem foi na localidade de Mosquito, zona rural de Itapipoca, quando um dos suspeitos na escolta efetuou disparos contra a equipe policial. No local do confronto, foi abandonado um revólver calibre .38 municiado e os dois veículos. Parte dos envolvidos fugiu da prisão em flagrante.

Na boleia do caminhão, os militares do CPRaio detiveram três homens e também apreenderam a carga contrabandeada. Eles foram identificados como Ronne Magno Ferreira de Oliveira (39), o motorista do caminhão, com passagens por receptação e crime contra a fé pública; Josué Farias Bindá (21), com antecedente por posse ilegal de arma de fogo; e Gabriel Farias Bindá. Além destes, Carlos Wagner da Silva (42), mais conhecido como “Cacá”, que estava em um dos carros, também foi detido.

Diante dos fatos, a carga do caminhão e os suspeitos foram conduzidos até a Delegacia Regional de Itapipoca, onde foram autuados em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e receptação. A unidade plantonista da PC-CE conduz diligências tendo como intuito elucidar o caso, localizar e capturar os demais partícipes do crime. Ronne, Josué, Gabriel e Cacá se encontram à disposição da Justiça.

Repórter Ceará

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Os comentários estão fechados
Anúncio
Entendendo A Notícia
Enquete
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo