Geoparque: um projeto para preservar a história do sertão

Sérgio Machado • Colunista do Repórter Ceará
13 de junho de 2022 às 17:44 0

O projeto Geoparque Sertão Monumental é uma iniciativa que, além de carregar o pioneirismo no debate sobre a preservação da geodiversidade, eleva o debate à esfera internacional ao catalogar os inselbergs (nome técnico para monólito) de Quixadá e Quixeramobim e separá-los de acordo com sua importância, seja regional, nacional ou internacional.

A ação dos pesquisadores e professores que encabeçam o projeto é, sem dúvidas, uma tentativa de preservar a história, a cultura e os elementos sociais, além do complexo físico-territorial, que compõem a natureza em consonância com os sítios geomorfológicos. É uma forma de valorizar a vida humana e suas criações nesses ambientes, e conversar o que está resguardado nos inselbergs.

Para isso, nestes dias 14 e 15 o assunto será debatido de forma intensa e, claro, apresentado à comunidade, no intuito de que quixeramobinenses e quixadaenses possam ajudar na preservação desses geossítios que fazem parte da paisagem regional.

O projeto deve atingir não somente aos interessados pelo assunto, mas também àqueles que precisam conhecer a iniciativa. Entenda-se por ‘precisam’ como todos os moradores das duas cidades, no aspecto de que não é um estudo em vão, mas um projeto que contribuirá com o turismo, a prática de esportes, experiências religiosas e a história do sertão, sendo preservada para se perpetuar.

Foto: Alex Keller

Confira mais artigos na coluna de Sérgio Machado AQUI.

Compartilhar...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Deixe uma Resposta

Anúncio
Entendendo A Notícia
Enquete
Mídia Kit

Anuncie no Repórter Ceará

Baixe o Mídia Kit


Contato: jornalismo@sistemamaior.com.br

Curta nossa página
Escute ao vivo
SerTão TV
Visite-nos
Tempo