Ex-delegada de Quixadá e Quixeramobim é conduzida pela Polícia Federal para prestar depoimento

Na manhã desta quarta-feira, 06, a delegada Anna Cláudia Nery, ex-titular da delegacia das cidades de Quixeramobim e Quixadá, no Sertão Central, foi conduzida coercitivamente para a sede da Polícia Federal. Também foram conduzidos a prestar depoimentos os delegados Lucas Aragão e Patrícia Bezerra (diretora da DCTD). As residências deles e dos demais investigados foram cercadas por agentes da Polícia Federal por volta de 6 horas da manhã.

No total, a 12ª Vara da Justiça Federal no Ceará expediu 27 mandados de busca e apreensão, 25 de condução coercitiva (os investigados são levados à presença da autoridade policial ou da Justiça), 10 de afastamento das funções (com o recolhimento de armas, distintivos e identidade funcional), além de seis remoções compulsórias de policiais para outras unidades da Polícia Civil, onde deverão cumprir somente atividades administrativas.

A ação faz parte da Operação Veredas, onde a PF investiga indícios de que vinte e três policiais civis tenham formado uma quadrilha que extorquia traficantes de anabolizantes estrangeiros importados para venda em Fortaleza. Os policiais e delegados são suspeitos da prática dos seguintes crimes, conforme o Ministério Público Federal: comercialização ilegal de anabolizantes, peculato, concussão, corrupção passiva, tráfico de drogas e associação criminosa. Não está claro se a Dr. Ana Cláudia, está entre os suspeitos de participação no suposto esquema.

Três delegados e sete policiais civis (inspetores e escrivães) foram afastados das funções e conduzidos coercitivamente à sede da Polícia Federal.

Repórter Ceará com informações do Ceará News 7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *