Mauro Filho afirma que controle de gastos do Estado em 2017 pode gerar economia de R$ 2 bilhões; Confira áudio

O secretário da Fazenda, Mauro Filho, projeta o orçamento de 2018 mantendo o equilíbrio fiscal do Estado, a fim de que todas as demandas sejam atendidas. Nessa terça-feira, 05, o gestor esteve na Assembleia Legislativa do Ceará para conversar sobre o assunto com os deputados estaduais.

“O esforço gerencial que foi feito em 2015 e os vários controles que foram realizados nos gastos realizados pelo Estado, permitiram um economia de R$ 400 milhões. Quando você aumenta a receita e controla as despesas, os resultados aparecem. O setor público existe para atender as demandas da população”, disse Mauro.

O secretário ainda ressaltou que essa estabilidade financeira é o que se quer traduzir para o próximo ano: “Um Estado capaz, mesmo diante dessas reduções de atividades econômicas, de pagar seus servidores e seus fornecedores, como também, manter o Ceará como Estado de maior volume de investimento dentre as 27 unidades da Federação. Em 2017 serão R$ 2 bilhões e em 2018, R$ 3,2 ou R$ 3,3 bilhões”.

Confira o áudio:

Repórter Ceará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *